VAGAS LIMITADAS!

Arte Marcial para todos

Recebi um e-mail hoje de um leitor de Minas Gerais que realiza um trabalho louvável com lutas. Ensino de Karatê para cadeirantes. Gostei tanto do que vi que, apesar de fugir da linha deste blog, resolvi postar o vídeo e o resumo do seu artigo. Parabéns João Paulo. Impressionante e emocionante seu trabalho!

Leandro Paiva


"A prática do karatê para pessoas em cadeira de rodas"

Autores: João Paulo Pereira Rosa;Dayane Ferreira Rodrigues;Patrícia Silvestre de Freitas.

Resumo

Introdução: Dentro dos esportes adaptados já praticados pelas pessoas com deficiência, nota-se que há pouco espaço para as artes marciais, tornando-se necessário desenvolver ou adaptá-las para esta população. Nesse sentido o ensino teórico-prático do Karatê para os usuários de cadeira de rodas, justifica-se por possibilitar ao deficiente mais uma atividade física a ser praticada, melhorando e proporcionando uma qualidade de vida as pessoas com deficiência através do Karatê. Objetivo: proceder uma análise das alterações fisiológicas agudas com a prática do Karatê, bem como a possibilidade das pessoas com deficiência, usuários de cadeira de rodas usufruírem da prática do Karatê adaptado melhorando sua qualidade de vida. Metodologia: As aulas de Karatê adaptado foram ministradas durante 9 meses, 2 vezes por semana, sendo realizados 3 testes com intervalo de 3 meses a cada teste. Como instrumento de coleta de dados, foi utilizado o questionário “escala para medida de satisfação com a vida (NERI, 1998). Realizou-se também avaliações para determinar a agilidade dos indivíduos em cadeira de rodas, sendo adotado o teste ziguezague de agilidade (Texas Fitness Test, adaptado por Belasco Júnior & Silva, 1998). Resultados: Os voluntários obtiveram uma queda de 9,59% no tempo e de 14,28% na freqüência cardíaca do primeiro para o terceiro teste ziguezague de agilidade. Além disso, ao verificar a satisfação com a vida atual comparada com a do início das aulas de Karatê, observou-se que os sujeito passaram de "mais ou menos" satisfeito para "muito satisfeito" nos aspectos saúde mental, saúde física e capacidade física.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...