VAGAS LIMITADAS!

Lutadores são mais inteligentes?




Parte da inteligência é determinada pela constituição genética de uma pessoa. Além disso, em estudo realizado nos Estados Unidos, publicado na revista Nature, foi sugerido que um bom desempenho em testes de QI (quociente de inteligência) depende da quantidade de massa cinzenta que um indivíduo tem no cérebro.

Em 2004, em um estudo na Universidade da Califórnia, descobriu-se que o volume da massa cinzenta em partes do córtex cerebral tinha um impacto maior na inteligência do que o volume total do cérebro.

No Brasil, segundo os autores de um estudo recente (Jacini et al., 2009), pelo menos no caso do Judô, foi verificado que atletas de elite, que praticam o esporte em longo prazo, podem ter aumento da massa cinzenta do cérebro. Estudos experimentais com animais mostraram que o exercício físico, associado ao planejamento e execução de movimentos complexos, são relacionados às mudanças na estrutura do cérebro.

Apesar de, nos humanos, as mudanças na densidade do tecido cerebral em relação à atividade física ainda não estarem totalmente definidos e quantificados, os pesquisadores desse estudo, resolveram investigar as diferenças no volume de substância cinzenta de judocas. Compararam um grupo de oito atletas de elite de Judô competitivo com um grupo de 18 indivíduos saudáveis; porém, não praticantes da modalidade.

Os resultados indicaram um número significativamente maior da massa cinzenta em áreas do cérebro de lutadores de Judô, comparando-os a indivíduos normais. No vídeo, podemos observar a reportagem realizada sobre esse estudo.

Atenção: este artigo é um breve resumo de pequena parte das informações contidas no Capítulo 3 do livro "Olhar Clínico nas Lutas, Artes Marciais e Modalidades de Combate". No livro existem muitas outras considerações e referências. Para visualizar gratuitamente até 40 páginas, acesse AQUI.


Leandro Paiva


Referência: Jacini et al. Can exercise shape your brain? Cortical differences associated with judo practice. J Sci Med Sport, 2009.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...