VAGAS LIMITADAS!

Como o tipo de recuperação pode afetar o desempenho de lutadores


Com exceção do MMA, no qual, na maioria dos eventos o intervalo entre os rounds é de apenas 1 minuto, observamos em competições de Jiu-Jítsu, Judô, Submission, Grappling, etc., que o intervalo entre os combates pode ser superior a 10 minutos.

Baseados nessa premissa, um grupo de pesquisadores quis identificar as diferenças entre os tipos de recuperação (ativa ou passiva) após uma luta e o desempenho posterior em testes específicos de luta (SJFT), potência (Wingate) e em outro combate. Para o estudo, foram selecionados trinta e oito atletas com índices elevados de aptidão física (altamente treinados).

Sabe-se que, durante a recuperação ativa, o atleta deve realizar exercícios mais "leves", em geral, contínuos, como caminhada vigorosa, trote ou mesmo corrida em baixa intensidade. Entretanto, nada impede que realize exercícios específicos da modalidade em intensidade mais baixa. No caso da recuperação passiva, o lutador se recupera sem exercitar-se, ou seja, permanece deitado ou sentado (como no caso dos lutadores do estudo em questão).

Os pesquisadores verificaram que o tempo de recuperação mínimo de 15 minutos, foi suficiente para a recuperação dos atletas avaliados no teste específico e de potência. Além disso, observaram que as chances de ganhar um combate aumentavam dez vezes, quando um lutador realizava recuperação ativa e seu oponente realizava recuperação passiva. Esse fato sugeriu que, possivelmente, os exercícios de recuperação ativa são mais indicados do que os de recuperação passiva para atletas se restabelecerem entre os combates. No livro Pronto Pra Guerra, apresentamos informações similares, baseadas em estudo realizado com lutadores de Jiu-Jítsu.

Leandro Paiva



Referencia:

Franchini, E.; Bertuzzi, R.; Takito, M.; Kiss, M. Effects of recovery type after a judo match on blood lactate and performance in specific and non-specific judo tasks. European Journal of Applied Physiology, v.107, n.4, p.377-383, 2009.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...