VAGAS LIMITADAS!

Atletas de elite de Jiu-Jitsu: pesquisa mais recente



É muito dificil o acesso a dados contínuos de pesquisas realizadas com atletas de elite de lutas e modalidades de combate. No livro Pronto Pra Guerra são apresentados dados de mais de 50 estudos realizados com atletas de elite de Jiu-Jítsu e MMA. Inclusive, realizados com Fedor Emelianenko e Mirko Cro Cop (MMA), além de Bibiano Fernandes e Ronaldo Jacaré (Jiu-Jítsu).

Como a ideia original deste Blog surgiu literalmente para complementar as informações contidas no livro, seguem os dados do mais recente estudo realizado com atletas de elite de Jiu-Jístu.

Leandro Paiva



Perfis Antropométricos e Funcionais de Atletas de Elite de Jiu-Jitsu de Diferentes Categorias

Autores: Leonardo Vidal Andreato, Solange Marta Franzói de Moraes, João Victor Del Conti Esteves,Juliana Jacques Pastório, Douglas Lopes de Almeida, Bruno Alcântara, Thaís Vidal Andreato,Tricy Lopes de Moraes Gomes, José Luiz Lopes Vieira.

Apresentado no III Congresso de Ciência do Desporto (Unicamp)

Resumo


O conhecimento dos perfis antropométricos e funcionais de atletas é fundamental para o conhecimento das exigências de uma modalidade e sistematização do treinamento desportivo. Entretanto, estes perfis podem sofrer alterações nas diferentes categorias relativas à massa corporal. Desta forma, o presente estudo teve como objetivo analisar os perfis antropométricos e funcionais de 11 atletas de elite de Brazilian Jiu-Jitsu. Os atletas foram divididos em dois grupos pela massa corporal, a partir da mediana, até 81,9 kg (n=6) e acima de 81,9 kg (n=5). A composição corporal foi determinada pelo método de sete dobras cutâneas (JACKSON E POLLOCK, 1978), e a somatotipia pela equação de Carter e Health (1980). A obtenção de nível de aptidão aeróbia foi obtida por meio de teste de esforço em esteira rolante seguindo protocolo de Rampa Condicionado (TEBEXRINI et al., 2001). Para aferir a força muscular os atletas realizaram dinamometrias de preensão manual, de membros inferiores e dorsal (JOHNSON & NELSON, 1979). A mensuração da força abdominal e a força de membros superiores foram obtidas por realização dos testes de Abdominal e Teste de Flexão de Braço, respectivamente; enquanto a flexibilidade de quadril foi determinada em teste de sentar-e-alcançar (POLLOCK E WILMORE, 1993). A análise de variância foi realizada através do teste t de Student, com uma significância pré-estabelecida de 5% (p<0,05).>

Resultados da comparação antropométrica e funcional entre lutadores de Brazilian Jiu-Jitsu
(n=11 atletas)

Até 81,9 Kg (n=6 atletas) / Acima de 81,9 kg (n=5 atletas)

•Idade (anos): 26,3 ± 3,6 / 25,2 ± 3,3

•Massa Corporal: (kg) 77,2 ± 3,3 / 90,2 ± 7,7

•% Gordura: 9,1 ± 2,8 / 11,7 ± 1,7

•Endomorfia: 2,7 ± 0,9 / 3,4 ± 0,6

•Mesomorfia: 9,0 ± 0,7 / 9,3 ± 0,9

•Ectomorfia: 1,8 ± 0,6 / 1,5 ± 0,5

•VO2máx (Potência aeróbia): 68,5 ± 17,6 / 64,0 ± 18,3

•Preensão Manual - Mão Direita: 44,2 ± 6,3 / 43,2 ± 2,8

•Preensão Manual -Mão Esquerda: 39,5 ± 4,1 / 40,8 ± 3,7

•Tração Lombar: 193,6 ± 19,8 / 175,5 ± 52,0

•Membros Inferiores: 166,4 ± 39,6 /139,3 ± 45,1

•Flexão de Braço: 43,0 ± 7,6 /36,2 ± 8,2

•Abdominais: 54,8 ± 7,8 / 49,6 ± 5,7

•Banco de Wells: 36,2 ± 10,1 / 34,3 ± 8,1

Conclusão

Estes resultados permitem concluir que quando divididos quanto à massa corporal, os atletas de elite de Brazilian Jiu-Jitsu não demonstram diferenças em seu perfil funcional e antropométrico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...