VAGAS LIMITADAS!

Magnésio minimiza problemas de perda de peso em lutadores




Abordamos em outros artigos neste Blog a temática da perda rápida de "peso" por lutadores.

Apesar de ser tema controverso, em diversos estudos foi observado que, no mínimo, nos exercícios de predominância aeróbia, o desempenho é reduzido pela perda rápida de "peso". Vale lembrar que, apesar de nas lutas a determinância ser anaeróbia, a predominância é do metabolismo aeróbio.

Mesmo, literalmente, "sentindo diminuir o gás e a força na luta", muitos atletas (grande parte) continua realizando perda rápida de "peso". Uma luz no fim do túnel para esses insistentes: em estudo recente foi ressaltado que a suplementação de magnésio pode ajudar a minimizar os efeitos negativos associados a essas práticas.

Segundo os autores, a deficiência de magnésio (Mg) afeta fortemente o desempenho muscular. Nas lutas, artes marciais e modalidades esportivas de combate, os atletas muitas vezes passam por drásticas mudanças de "peso" (massa corporal) perto de competições, quase sempre em função de técnicas de desidratação aguda. Essas práticas podem conduzir à déficit de magnésio.

Assim, o objetivo do estudo foi compreender o impacto das mudanças na força muscular relacionadas ao magnésio. Participaram da pesquisa 20 atletas de elite de judô do sexo masculino. Os participantes foram divididos de acordo com mudanças no nível de água intracelular (Intracellular Water - ICW): perdas inferiores a 2% e perdas iguais ou superiores a 2%. Os níveis de magnésio foram estimados por meio de exame de sangue e urina. Além disso, os lutadores foram submetidos aos seguintes testes físicos:

1) "Força de Pegada" - denominada na literatura científica de Força Máxima de Preensão Manual (medida por intermédio de um aparelho denominado dinamômetro);

2) Potência de membros superiores - determinada pelo exercício de supino.


Ronaldo Jacaré testando sua "pegada" no dinamômetro.




Resultados e Conclusão

Diminuição drástica nos níveis de água intracelular foi associada a redução da força. Os resultados sugeriram que o aumento do magnésio sanguíneo parece atenuar essas reduções de força nos lutadores. Como as perdas de magnésio podem ser consideráveis e a ingestão é frequentemente insuficiente, os pesquisadores recomendaram que os atletas considerem a suplementação, especialmente durante os períodos de redução de "peso".


Leandro Paiva



Referência:

Nunes et al. Magnesium and strength in elite judo athletes according to intracellular water changes. Magnesium Research, v.23, n.3, p.138-41, 2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...