VAGAS LIMITADAS!

Trapaça: o lado negro da tecnologia nas Modalidades de Combate





As trapaças estão à solta no mundo das Lutas. Enquanto em postagem anterior era ressaltado o caso de um boxeador que colocava gesso nas luvas, agora, o caso é de tecnologia de última geração utilizada para trapacear em Modalidades Esportivas de Combate.

A lutadora de taekwondo de Taiwan Yang Shu-Chun, de 25 anos, foi flagrada durante a luta contra a vietnamita Vu Thi Hay Yang, na categoria até 49 kg. Foi eliminada dos Jogos Asiáticos, em Guangzhou, na China,pasmem, por utilizar, irregularmente, chips dentro de suas meias.

De acordo com os organizadores, a lutadora escondia chips não autorizados, e eles faziam com que seus golpes parecessem "maiores" do que eram. No taekwondo, são utilizados equipamentos eletrônicos para contagem de pontos.

Yang alega inocência e disse que utilizava o mesmo chip que as adversárias.


Leandro Paiva


Fonte: Guangzhou, China

2 comentários:

  1. Os sensores no Taekwondo certificam o contato dos pés ou das mãos com o tronco do oponente. Além disso, medem a quantidade mínima de potência do golpe para validar o ponto.

    Não há como fazer o golpe parecer maior, como foi dito.

    Os chips extras garantiam uma superfície maior de contato, esta é a vantagem que deram à atleta.

    Porém, fica claro no vídeo que ela foi inspecionada antes de entrar, e a decisão de desclassificá-la só foi tomada depois que ela tomou grande vantagem na luta, durante o combate.

    Existem declarações de que o chip extra seria já válido e produzido pelo próprio fabricante do equipamento. e que a questão seria política, para beneficiar outros atletas.

    Por isso, é preciso muito cuidado antes de classificar um atleta como trapaceiro sem dar a ele o benefício da dúvida.

    Abs

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pela exposição de ideias. Sempre que quiser participar e/ou reiterar sobre algo, contribua. O Blog é democrático.

    Abs

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...