VAGAS LIMITADAS!

Lutadores campeões produzem mais testosterona?





Em estudo recente realizado com atletas de elite de Luta Olímpica, os pesquisadores baseados nos resultados, sugeriram que havia forte relação entre o sucesso competitivo e aspectos hormonais nas lutas.

Atentaram para fortes indícios de que os lutadores campeões tiveram um aumento maior nos níveis de testosterona comparados aos perdedores, embora o mecanismo fisiológico ainda seja desconhecido.

O estudo foi realizado com 12 lutadores do sexo masculino em um período de 2 dias. Os participantes tiveram um registro total de 34 vitórias, 31 derrotas e 4 empates. Observou-se que, de fato, houve aumento de testosterona entre os vencedores e perdedores, mas o aumento foi significativo apenas para os vencedores (Vencedores: pré = 16,4 ± 1,2, pós = 23,2 ± 1,5; Perdedores, pré = 14,8 ± 1,0, pós = 19,4 ± 1,2).

Resumidamente, os resultados sugerem que os lutadores campeões utilizam um mecanismo diferente de regulamentação para respostas agudas aos combates. Além disso, os pesquisadores concluíram afirmando que esses dados suportam a teoria biossocial na qual comporta a hipótese de desafio desde os homens das cavernas, desenvolvendo mecanismos fisiológicos de prontidão e alerta para a "guerra iminente".



Leandro Paiva


Referência: Fry, Andrew; Schilling, Brian; Fleck, Steven; Kraemer, William. Relationships Between Competitive Wrestling Success and Neuroendocrine Responses. Journal of Strength & Conditioning Research, v.25, n.1, p.40-45, 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...