VAGAS LIMITADAS!

Livro Pronto Pra Guerra - Teoria à Realidade





Nossa peregrinação, cujo intuito era democratizar informações de difícil acesso, se materializou 4 anos depois por meio da publicação do livro Pronto Pra Guerra, lançado em 2009.

Nosso sonho era apenas um: ajudar as pessoas.

Após lançado, recebemos dezenas de e-mails nos agradecendo e parabenizando, que nos deixaram muito felizes. No entanto, na semana passada, após lermos uma reportagem publicada na TATAME, transcendeu-nos o sentimento de felicidade.

Nela, que reproduziremos adiante na íntegra, foi entrevistado o preparador físico do atual número 1 do mundo no Jiu-Jítsu, o atleta Rodolfo Vieira (campeão mundial no peso e absoluto - 2011).

Ele e seu preparador dispensam comentários. Mérito dos dois pelas vitórias. Parabéns!

Ainda, aproveitamos para, mais uma vez, agradecermos ao nosso parceiro, Fabrício Boscolo Del Vecchio, que foi revisor de vários capítulos e co-autor do capítulo de Preparação Física.

Por fim, antes de reproduzirmos a reportagem, gostaríamos de publicar na íntegra parte da introdução do livro Pronto Pra Guerra na qual profetizamos o que estava por vir.

Trecho de introdução do livro Pronto Pra Guerra (escrito há 6 anos atrás):

"(...) Já faz algum tempo que se tornou público o “segredo” dos métodos de preparação física utilizados durante anos em países do Leste Europeu, que possuem campeões olímpicos em diversas modalidades de combate. Seus métodos são baseados na periodização do treinamento de força, que é a seqüência nas quais as orientações do treinamento de força são planejadas, com objetivo de desenvolver os níveis máximos de força específica do esporte em alguma(s) data(s) específica(s). Essa combinação e suas variáveis são importantíssimas, principalmente nas fases em que antecedem a fase de competição, pois formam a base fisiológica para o alto rendimento esportivo.

Além do conceito de periodização, é muito importante apresentarmos método didático, fácil de aplicar e que dê para a maioria dos indivíduos realizar, de acordo com o histórico do treinamento de força de cada um. Por meio dos capítulos que seguem, iremos demonstrar como é importante ter atitudes pró-ativas para se superar na vida profissional e pessoal (Capítulo I), apresentar as modalidades de combate como negócio lucrativo no contexto atual (Capítulo II) e mostrar que a preparação física (Capítulo VII) é apenas um dos fatores que compõem o Treinamento Desportivo (Capítulo III). Além disso, apresentamos proposta atualizada de como pode ser realizada a avaliação física de lutadores (Capítulo IV) e indicamos os outros componentes do treinamento desportivo que devem estar associados simultaneamente ao trabalho de preparo físico, antes, durante e após as competições (Capítulos V, VI e VIII). Por último, procuramos estimular o leitor a tentar integrar os conhecimentos adquiridos ao longo de todos os capítulos anteriores e uni-los com a experiência dos atletas e os nossos comentários após as entrevistas (Capítulo IX).

Essa atitude é realmente muito importante para que este livro seja bem utilizado, pois o profissional responsável pelo preparo físico deverá tirar proveito de tudo que leu e ajustar por meio de tentativa e erro a “fórmula” que melhor corresponda à individualidade biológica do atleta sob sua tutela. Este livro, a partir desse momento, terá cumprido a missão que foi essencialmente a intenção do autor, ou seja, transformar em realidade a prática da preparação física específica para modalidades de combate e convertê-la em vitórias, quer seja em Vale-Tudo (MMA), Submission Wrestling, Grappling ou Jiu-Jítsu."


Leandro Paiva










Reportagem publicada na TATAME quarta-feira, 29 de junho de 2011:

Qual o segredo do sucesso de Rodolfo?

Por Guilherme Cruz
Foto William Burkhardt

Rodolfo Vieira deu show na Califórnia, bateu o campeão mundial Bernardo Faria duas vezes e conquistou peso e absoluto no Mundial da Califórnia, competição que aconteceu no começo do mês nos Estados Unidos.

Dono de um gás incrível, boas quedas e uma pegada que não deixa o oponente escapar, Rodolfo também conquistou títulos peso e absoluto no Pan-Americano e Mundial Profissional de Abu Dhabi (este, com e sem quimono), e vai embalado para o ADCC. Mais de 20 dias já se passaram após o show do faixa-preta da GFTeam na Califórnia, e muitos ainda se perguntam: qual o segredo de Rodolfo Vieira?

A TATAME foi atrás de Marcelo de Souza, responsável pela preparação física do campeão, para entender a importância do gás em suas vitórias, ainda mais após a sequência de lesões que frustraram os anos anteriores de Rodolfo.

“O trabalho de preparação para o Mundial foi muito puxado e exaustivo, visto a importância dessa competição. O seu segredo, além de uma genética privilegiada que ele realmente possui, é o seu foco, sua postura profissional e sua determinação de querer sempre evoluir e dar o seu máximo nos treinamentos”, conta o preparador físico, no bate-papo abaixo. Confira:

Como foi o trabalho de preparação física do Rodolfo para o Mundial?

O trabalho de preparação para o Mundial foi muito puxado e exaustivo, visto a importância dessa competição. Felizmente, hoje em dia podemos contar com excelentes publicações nacionais, como o livro “Pronto pra Guerra”, do Leandro Paiva, para nos auxiliar na elaboração do treinamento. Outro fator de destaque é o diálogo com o atleta, além da observação apurada para que o treinamento continue sempre gerando adaptações e exigindo o seu máximo.

Ele vinha de uma série de lesões nos últimos anos. Ele tinha alguma limitação por causa disso?

O trabalho com um atleta de ponta como o Rodolfo nunca pode ser realizado isoladamente. Paralelo à preparação física, era realizado um trabalho fisioterápico. Eu sempre procurava trabalhar a propiocepção com ele para evitar novas lesões, e para que as lesões sofridas não voltassem. Alguns movimentos eram limitados para que ele não sentisse dor, mas na reta final graças a Deus ele estava 100% e podemos trabalhar com força total e atingir nosso objetivo, que era o titulo mundial.

Ele tem mostrado muita força e resistência nas lutas. Qual o diferencial dele?

O seu segredo, além de uma genética privilegiada que ele realmente possui, é o seu foco, sua postura profissional e sua determinação de querer sempre evoluir e dar o seu máximo nos treinamentos. Como sabemos, a vida de atleta é uma vida de privações, se abster de álcool, noitadas e seguir dietas rigorosas. Você tem que abrir mão de muitas coisas se quiser vencer nessa profissão.

Você faz algum trabalho focado na pegada? Qual o segredo?

A pegada no Jiu-Jtsu é uma habilidade fundamental e que tem o poder de decidir um combate. Por isso, sempre procuro dar ênfase a ela, variando os implementos utilizados na preparação, como cordas, o próprio quimono, halteres, etc.

Ele vai lutar o ADCC este ano, e venceu na mesma semana o Mundial Profissional com e sem quimono. Tem alguma diferença na preparação física para as competições de Jiu-Jitsu e Submission?

A preparação para as competições sem pano é realmente diferente, principalmente no que diz respeito à pegada que tem que ser ainda mais firme, já que o suor dificulta ainda mais a realização das técnicas. Tenho certeza que faremos um bom trabalho juntos, e o Rodolfo brilhará no ADCC desse ano, já que habilidade e determinação ele já tem de sobra.

Quer deixar algum recado?

Queria deixar um grande abraço para os leitores da TATAME. Para qualquer pergunta ou contato, meu e-mail é ufrrj.marcelo@gmail.com

Vídeo com os melhores momentos da carreira esportiva de Rodolfo Vieira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...