VAGAS LIMITADAS!

Golpes modificam cérebro de lutadores

Pesquisa conclui que mudanças na anatomia cerebral ocorrem antes de sintomas cognitivos.


Uma das perguntas que o neurologista Charles Bernick e seus colegas fazem a boxeadores que vão para a o Centro de Saúde do Cérebro Lou Ruvo, em Cleveland, é a seguinte: “Quantas vezes você já foi nocauteado ou teve uma concussão?” A maioria diz: “nunca”. E então os médicos perguntam: “Quantas vezes você se sentiu confuso e atordoado?”.

Muitos dizem que “várias vezes”. Esta é parte do Estudo da Saúde Cerebral de Lutadores profissionais, agora com um ano e com estudos de 109 lutadores — mais do que já foi compilado um uma única pesquisa.

A principal descoberta: — Há mudanças detectáveis no cérebro antes de os sintomas aparecerem — diz Bernick, mencionando sintomas como perda de memória ou outras mudanças de funções cognitivas atribuídas a repetidas pancadas na cabeça.

A pesquisa usou aparelhos de ressonância magnética. Alguns lutadores tiveram mudanças no cérebro, mas não mostraram perdas cognitivas. As mudanças físicas detectadas pela ressonância magnética foram a redução no tamanho do hipocampo e do tálamo dos cérebros de lutadores que estão há mais de seis anos no ringue.

Essas partes do cérebro lidam com funções como a memória e a atenção. Enquanto aqueles que lutam por mais de seis anos não mostravam perdas de funções cognitivas, ocorreu o contrário com lutadores com mais de 12 anos de atividade.

Portanto, o grupo de Bernick concluiu que a diferença entre a detecção e os sintomas físicos ocorrem em algum momento nesse intervalo de seis anos.

Bernick deve apresentar suas descobertas nesta quarta-feira em Nova Orleans, no encontro anual da Academia Americana de Neurologia. O significado em potencial do estudo vai além da saúde dos boxeadores.

A ideia de que uma ressonância magnética pode ajudar a identificar um distúrbio degenerativo do cérebro antes de o paciente reclamar de problemas cognitivos pode ajudar uma ampla gama de pessoas, desde jovens atletas e soldados em combate até outros que foram expostos a repetidas pancadas na cabeça, dizem os neurologistas.


Fonte: http://oglobo.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...