VAGAS LIMITADAS!

Biomecânica do karatê



Artigo recente acaba de ser publicado sobre aspectos biomecânicos do Karatê. Logo abaixo destacamos os principais trechos.

Título: Biomecânica da base baixa do karatê shotokan.

Autor: Nelson Kautzner Marques Junior.

Fonte: EFDEPORTES.

Introdução.

O karatê-dô shotokan (shotokan: estilo de karatê elaborado por Funakoshi, dô: caminho a ser seguido, ou seja, o aperfeiçoamento constante da arte marcial) é uma arte marcial composta por socos, chutes, cotoveladas, joelhadas e defesas. Essa atividade pode ser utilizada como defesa pessoal ou como esporte. Os golpes mais praticados durante o kumitê2 e que estão presentes em diversos katas (luta imaginária onde o karateca realiza movimento de defesa e de ataque) são constituídos pelo kizami zuki, pelo gyaku zuki, pelo oi zuki, pelo ashi barai seguido do gyaku zuki, pelo mawashi geri e pelo mae geri.

Também, existem algumas defesas que são muito executadas no kumitê, no kihon ippon kumitê (luta combinada com um ataque e uma defesa) e no kata, sendo o gedan barai uke, o jodan age uke (defesa alta do rosto), o soto uke (defesa de fora para dentro) e o uchi uke (defesa de dentro para fora). Porém, para o karateca efetuar algum tipo de ataque e de defesa, ele precisa estar na base (posicionamento das pernas durante a luta que permite execução dos golpes e ocasiona firmeza dos pés do karateca no solo.).

As bases mais utilizadas no karatê shotokan são a zenkutsu dachi, kiba dachi, kokutsu dachi e a base livre, utilizada no kumitê. A base zenkutsu dachi consiste de 60% do peso na perna da frente e 40% na perna de trás, já a base kiba dachi, 50% do peso fica localizada nas duas pernas e a base kokutsu dachi, 70% do peso no membro inferior de trás e 30% no membro inferior da frente. A base livre, utilizada no kumitê, geralmente é a base que o lutador se sente mais confortável, costuma ser mesclada da base zenkutsu dachi e da kokutsu dachi.

A base é uma posição fundamental para a prática do karatê shotokan, sendo indicado que ela seja realizada o mais baixo possível porque é melhor para o karateca. Contudo, quando são consultados artigos científicos do karatê, a explicação da execução de uma base baixa não é informada. Sabendo dessa lacuna do karatê shotokan, o objetivo foi explicar o motivo de usar uma base baixa.

Base baixa do karatê

A base do karatê shotokan é importante para o praticante fazer as atividades ofensivas e defensivas, merecendo que o lutador faça esse fundamento o mais baixo possível. Qual é a explicação biomecânica para essa recomendação?

Segundo Hay, para a base possuir um bom equilíbrio e tornar-se mais estável, necessita que o karateca esteja atento na altura do seu centro de gravidade em relação ao chão e no tamanho da base de sustentação (Obs.: A distância que se encontram os pés). Hall define equilíbrio como a capacidade do karateca controlar a estabilidade, enquanto que estabilidade é a resistência do atleta do karatê shotokan para romper o equilíbrio.



Apesar de ser indicada uma base com centro de gravidade mais baixo possível na prática do kata e do kumitê, deve-se lembrar que uma flexão do joelho mais de 90º pode acarretar uma contusão nessa região anatômica17,18. Contudo, até a data presente não foi pesquisado se a base baixa causa dano no joelho do karateca, merecendo estudo num futuro próximo.


Conclusão

O karateca deve ser orientado em utilizar uma base com o centro de gravidade bem baixo em relação ao chão porque proporciona velocidade na execução do golpe. No kata, o tamanho da base de sustentação deve ser bem amplo para aumentar o equilíbrio, mas no kumitê esse afastamento dos pés merece ser numa distância mediana para não prejudicar na velocidade do golpe. Porém, torna-se necessário investigar se uma base com um centro de gravidade bem baixo causa lesão no joelho.

Em conclusão, a base merece ser realizada com um baixo centro de gravidade, mas a distância dos pés na sustentação do karateca deve diferir no kata e no kumitê.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...