VAGAS LIMITADAS!

Brazilian jiu-jitsu: respostas orgânicas a lutas sucessivas


Diferentes estudos têm avaliado o impacto da luta ou do treino de uma modalidade de luta no organismo dos atletas. Isto já foi observado no judô, no karatê, no boxe, luta olímpica, boxe, muay-thai e até kick-boxing. Porém, apenas poucos estudos investigaram como o organismo do lutador responde a combates sucessivos.
É isto mesmo, a maioria dos estudos tem como foco apenas uma única luta. Por outro lado, poucas modalidades (MMA e Boxe, por exemplo), proporcionam a possibilidade de o lutador realizar um único combate no evento que participa.
Neste sentido, buscamos entender o que acontece com o organismo de um lutador de Brazilian jiu-jitsu frente a dois combates sucessivos. Poxa, mas só dois? Na pior das hipóteses é o dobro do que normalmente se faz e, muitas vezes, está bem próximo do que acontece em campeonatos de menor nível competitivo. 
Além disto, muitos de nós sabemos como é complicado recrutar lutadores para “estudos científicos”. Agora, imagine que ele tenha que cumprir dieta restrita prévia, lutar “de verdade”, fazer vários testes físicos e “tirar” sangue diversas vezes ao longo de todo este processo!
Pois então, os resultados deste estudo estão no artigo intitulado “Respostas bioquímicas, hormonais e hematológicas a lutas de jiu-jitsu brasileiro”, recentemente publicado na Revista Brasileira de Ciência e Movimento, e que pode ser obtido AQUI
Dentre os parâmetros analisados se encontram: variáveis hematológicas (glóbulos brancos, vermelhos e plaquetas), diversas enzimas (AST, ALT, Lipase, CK-MB, LDH e CK), marcadores metabólicos (lactato, albumina, creatinina e proteínas totais), diversos substratos bioquímicos e eletrólitos (sódio, potássio, magnésio, fósforo, cálcio, ferro, uréia, colesterol e glicose), além dos hormônios testosterona e cortisol.
O mais interessante do estudo pode ser observado na figura 4, alocada no topo desta postagem.
Ela demonstra que, apesar do nível inicial razoavelmente heterogêneo entre os lutadores (principalmente do denominado perdedor 1), para todos os atletas envolvidos as curvas do cortisol são semelhantes: entre perdedores ele começa a subir do momento pré-luta 01 até após a segunda luta, passando pela primeira derrota inclusive. Já entre vencedores, o cortisol se inicia um pouco alto e, já após a primeira vitória ele fica com concentração sanguínea inferior ao momento pré-luta, e continua neste sentido após a segunda vitória.
Quanto à aplicação prática deste achado, observa-se que: “respostas do cortisol se mostraram diferenciadas de acordo com o êxito nos combates, fato que pode estar relacionado ao estado emocional dos atletas e, também, ao histórico competitivo. Desta forma, sugere-se que durante os treinos os atletas sejam expostos a situações que aumentem o estresse psicológico, como embates contra atletas de outras equipes, eventos de menor nível competitivo e treinos nos quais apenas dois atletas lutam enquanto os companheiros assistem ao combate e os estimulem.” (COSWIG; NEVES; DEL VECCHIO, 2013, p. 29).
Ou seja, devemos parar com aquele papo de que treino é treino e jogo é jogo. O treino, cada vez mais, deve se aproximar das demandas dos combates competitivos. Seja a partir da estrutura temporal, seja a partir das demandas orgânicas exigidas!
Autor: Fabrício Boscolo Del Vecchio
Referencia: COSWIG VS, NEVES AHS, DEL VECCHIO FB. Respostas bioquímicas, hormonais e hematológicas a lutas de jiu-jitsu brasileiro. R. bras. Ci. e Mov 2013;21(2): 19-30.

Um comentário:

  1. John Wilson delco offer classes for students of all, ages In our children classes we strive to teach our children the same well rounded martial Arts education that we give our adults, while developing important life skills such as confidence respect and self discipline…One of the most enthusiast Brazilian jiu-jitsu instructor I have ever seen in my life he deserve the the more then that he have right now....John Wilson delco Brazilian jiu-jitsu | John Wilson | John Wilson delco

    John Wilson delco , John Wilson delco Brazilian jiu-jitsu John Wilson

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...